Leonardo Sarmento, Professor de Direito do Ensino Superior
  • Professor de Direito do Ensino Superior

Leonardo Sarmento

Rio de Janeiro (RJ)
4,671seguidores11seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Professor constitucionalista
Professor constitucionalista, consultor jurídico, palestrante, parecerista, colunista do jornal Brasil 247 e de diversas revistas e portais jurídicos. Pós graduado em Direito Público, Processual Civil, Empresarial e com MBA em Direito e Processo do Trabalho pela FGV. Autor de 3 obras jurídicas e algumas centenas de artigos publicados. Nossa última obra (2015) de mais de 1000 páginas intitulada "Controle de Constitucionalidades e Temáticas Afins", Lumen Juris.

Verificações

Leonardo Sarmento, Professor de Direito do Ensino Superior
Leonardo Sarmento

Autor (Desde Nov 2014)

Comentarista (Desde Dec 2014)

Recomendações

(3,982)
Juan I. Koffler Anazco, Cientista Político
Juan I. Koffler Anazco
Comentário · há 3 dias
Preclaro e douto amigo hermeneuta:
Suas bem traçadas linhas atingem, sim, o escopo perseguido pelo arrazoado. Parabéns!
Ambas as figuras (foro privilegiado e prerrogativa de função) se confundem e delas exsurge um odor putrefato que remete a grotesco conluio, sem qualquer fim que o sustente, muito menos em seara de vigência da tão propalada (e inexistente, porque falsa) "democracia".
Prevalecem, historicamente, os acordos espúrios que atravessaram séculos, milênios, sempre em benefício das ditas "classes dominantes" - um cancro existencial e histórico na espécie humana.
Nossa festejada Magna Carta, por seu art. 5º, ostenta, garbosa e ostensivamente, a máxima determinação da isonomia ("todos são iguais perante a lei"); máxima que, em sentido prático, não resiste à mais ignara, inepta e vergonhosa análise de qualquer estudioso de vigésima-quinta categoria. É mero "jargão juridiquês", vazio, infundado, inexistente, falacioso. NUNCA haverá igualdade entre os seres humanos, independentemente do local geográfico em que se aplique esta assertiva. Isto, meu caro, é simplesmente INSOFISMÁVEL.
*
Nossa castigada nação já cumpriu seus cinco séculos de vida - tal qual um indivíduo cumpre sua "maioridade penal" -, e o fez com festejos e ostentações usualmente inigualáveis. Mas, ouso lhe questionar, o que há de justo, equânime, isonômico em nossa sociedade, nesse longo trajeto marcado por indizíveis sofrimentos das massas "desprivilegiadas", quando em comparação com as benesses reservadas às restritas camarilhas políticas que, historicamente, destruíram nossa nação???
*
Sua análise está perfeita - puramente em teoria -, mas peca (permissa venia) por excessiva ingenuidade, ao "continuar" a esconder as mazelas que afligem nossa população, a de todo o continente e, por que não?, a de todo o planeta, numa típica atitude de "tampar o sol com uma peneira".
*
É preciso ser muito ousado para negar o supostamente inegável; muito alienado, para "desconhecer" a escancarada e ostensiva realidade; muito capcioso, mal-intencionado, para defender o indefensável! (J.Koffler, 1973).
*
O farto material probatório que fundamenta estes singelos argumentos, transborda a olhos vistos em qualquer inóspito canto deste castigado e vilipendiado país, "bonito por natureza"... Belo sofisma!
*
Com todo respeito e admiração, meu caro Sarmento!

Perfis que segue

(11)
Carregando

Seguidores

(4,671)
Carregando

Tópicos de interesse

(6)
Carregando

Livros Publicados

(3)

Controle de Constitucionalidade e Temáticas Afins

Será lançado dia 15 de agosto de 2015 em evento na Livraria da Travessa, em Ipanema no Rio de Janeiro.

A Judicialização da Política e o Estado Democrático de Direito

Um coletânea de artigos e crônicas que demonstra um judiciário mas ativo na órbita político-social do Estado. Uma ampla cobertura jurídico-política do que foi o julgamento do mensalão.

A Efetividade dos Direitos Fundamentais e a Eficácia das Políticas Públicas

Trata de teorias, princípios, conteúdo essencial e restrições promovendo interessante link com as políticas públicas
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Leonardo

Carregando

Leonardo Sarmento

Entrar em contato